Conectados, Good Ads, Marketing Digital

Como o ‘BBB20’ aliou o marketing convencional ao marketing digital

O ‘BBB20’ é um verdadeiro sucesso de audiência. Desde que surgiu no Brasil, no ano de 2002, o ‘Big Brother Brasil’ dividiu opiniões, mas sempre foi uma certeza ao final de cada edição: audiência alta.

Contudo, o programa acabou entrando em um limbo a partir do advento da internet, séries de televisão se expandirem e o reality show se tornar apenas mais um integrante da grade de programação da Rede Globo anualmente.

Tanto é verdade que a edição ‘BBB19’ contou com audiências baixíssimas, capazes de quase derrubar o reality de vez. Entretanto, uma mudança no formato fez o ‘BBB20’ alcançar números de primeiras edições do reality.

Vale destacar, inclusive, que a edição teve o recorde de maior votação em reality no mundo inteiro. Com 1,5 bilhão de votos, o ‘Big Brother Brasil’ atualmente integra o Livro dos Recordes nesse quesito.

No entanto, o que explica esse sucesso? O que mudou de uma edição para a outra? O que faz uma ser água e a outra vinho de uma hora para a outra. 

A explicação é simples, e a Rede Globo percebeu: a necessidade do marketing digital; dentro da internet, com conteúdo para internet e voltado quase que exclusivamente para a internet. Quase. Somente quase. 

O marketing convencional do ‘BBB20’

Dentro da normalidade, a Globo manteve o marketing já convencional ao longo da grade de programação, levando integrantes eliminados em programas da rede e assim sucessivamente.

Isso não mudou. O ‘BBB20’ manteve um formato similar às demais edições quando o assunto é apenas a televisão.

Entretanto, o que mudou foi a forma de abordar o marketing digital, que ganhou um boom na vigésima edição, e isso passa por vários elementos dentro da estratégia digital proposta pela emissora.

Valorização do marketing digital no ‘BBB20’

Com isso, a grande mudança foi definitivamente o engajamento nas redes sociais, isso já teve início antes mesmo da edição ter sua estreia lá na última semana do mês de janeiro, quando todos os participantes foram conhecidos.

A aposta em influencers

Desde quando o programa foi anunciado com a possível presença de influencers, a internet já ficou agitada na busca por quem seriam os tais participantes.

Muito se especulou sobre Julio Cocielo, Felipe Castanhari e até Felipe Neto. Isso tudo fez com que o hype já fosse criado, e a edição, antes mesmo de estrear, já estava na boca do povo… ou melhor, na ponta dos dedos que teclavam acelerados no Twitter.

Foi quando Pyong Lee, Manu Gavassi, Rafa Kalimann e Boca Rosa foram anunciados, que, de vez, a edição iniciaria com alto grau de presença da internet.

Uma jogada perfeita da Rede Globo, trazendo personagens famosos das redes diretamente para a tela da televisão.

Uso massivo de hashtags

Já era um recurso recorrente no ‘BBB19’. Contudo, em 2020, mais hashtags seriam adotadas. Fosse para a prova do Anjo, do líder, festas e, claro, os próprios patrocinadores, que foram na onda das redes sociais.

Isso aproximou o público da internet, que via uma possibilidade de interagir cada vez mais com o programa, gerando, inclusive, as brigas de torcida que refletiram as tretas dentro da casa.

O Feed BBB

No ‘BBB20’ foi instituído o Feed BBB. Com ele, os confinados teriam uma rede social independente para a casa. 

Em formato de smartphone, o novo telão da edição tinha formato vertical, além de disponibilizar um smartphone para que os brothers fizessem stories que passariam no tal telão da sala.

Modelo novo de apresentação na edição ao vivo da TV Globo

Assim como no Feed BBB, em dias de paredão, o programa ao vivo da TV Globo, que era transmitido todos os dias após a novela das 21h, tinha um formato mais voltado às redes sociais.

Nos teasers dos emparedados, por exemplo, os VTs eram apresentados também em formato de stories. 

Central de Atendimento ao Telespectador (CAT)

O Central de Atendimento ao Telespectador, comandado por Rafael Portugal às terças-feiras, foi um verdadeiro sucesso. Isso porque era o verdadeiro reflexo do público da internet no programa.

Tudo o que era comentado no Twitter parecia ser utilizado por Rafael Portugal no programa. Sem dúvidas a voz da rede social estava no ‘BBB20’.

O Twitter cresceu

Mutirões, vídeos e tretas. Muito do ‘BBB20’ foi explorado pelo Twitter, e com participação assídua do diretor, Boninho, do apresentador Tiago Leifert, celebridades e, claro, os usuários.

Internet é o canal de propagação, e o ‘BBB20’ mostra isso

Tudo isso serviu de base para que o ‘BBB20’ formasse uma conexão com a internet. Tanto no Twitter como no Instagram, o Big Brother Brasil ganhou seu espaço.

Cada detalhe contribuiu para que esse sucesso fosse visto. De forma a garantir, assim, uma edição histórica, a produção do Big Brother Brasil acordou, e percebeu que, sem a internet engajada, nada é capaz de decolar.

Gostou do artigo? Deixe um comentário!
Veja o nosso sobre: O futuro e o Marketing Digital, uma combinação que irá ajudar o seu negócio!

Botão Contato Agência Good Ads de Marketing DigitalBotão Blog Good Ads Marketing Digital




Share and Enjoy !

0Shares
0 0 0

Autor


Avatar

Good Ads

A Good Ads faz o melhor de Google Ads para você, cliente.