Marketing Digital

Tendências do Marketing Digital para 2022, 2023 ou 2024? Como a Good Ads imagina o futuro do marketing online

Como o marketing digital mudou sob o contexto de pandemia… As marcas deixadas pelo coronavírus serão percebidas por anos ao longo de novas estratégias que surgirão nos próximos anos.

As cicatrizes marcadas pela pandemia revolucionaram a maneira de fazer marketing e propaganda. Por isso, várias delas permanecerão, enquanto outras serão repaginadas conforme o mundo volta ao seu antigo normal.

Para os anos de 2022, 2023 e 2024, os traumas ainda serão sentidos, mas de que forma? A Good Ads preparou um artigo completo com as sete tendências do marketing digital para o triênio que se já se anuncia no horizonte.

As 7 tendências do marketing digital para 2022, 2023 e 2024

Muita coisa mudou desde 2019! O último ano “normal” tinha uma “cara”, com as redes sociais virando páginas de anúncios, investimento em tráfego pago, conteúdo a mil e, claro, o contato mais próximo de empresa e potencial cliente.

Dois anos se passaram como vinte e a forma de fazer marketing digital transformou-se rapidamente da água para o vinho. 

Para os próximos anos, o que nos espera? Bom, a Good Ads fez um exercício imaginando um contexto de volta ao antigo normal com pintada de um “novo presente”. Veja!

Marketing pago focado para smartphone

Os smartphones crescem exponencialmente e seu uso tem se intensificado para todas as esferas e atividades do dia a dia. Pedir comida? Pelo smartphone. Comprar um móvel? Pelo smartphone. Fazer supermercado? Pelo smartphone. Comprar um apartamento? Sim, acredite, pelo smartphone.

Assuntos direcionados através de tráfego pago nas redes sociais e nos mecanismos de busca facilitam as ações cotidianas por meio dos smartphones. Dessa maneira, cada vez mais valerá a pena investir em anúncios destinados a dispositivos móveis.

Marketing digital multiplataformas

Aos poucos os setores offline ganharão campo no meio online. Segundo iProspect, ao longo dos próximos anos, a transformação e migração digital gerará um custo de 1,97 trilhão de dólares.

Conforme o tempo passa, a tecnologia desempenha um serviço muito mais amplo, global e influente. Dessa maneira, será essencial estar tanto no físico, como também presente no digital.

Marketing de conteúdo mais importante do que nunca

Se tem uma tendência em pleno crescimento é a de criação de conteúdo. Com novas redes surgindo e formatos se alternando, as portas se abrem cada vez mais para a criação de novidades.

Por isso, e-books, conteúdos rápidos e interativos, além da participação do público, tendem a crescer cada vez mais, em todas as mais diferentes esferas.

Audiovisual como conteúdo em alta

Em alta, dentro do conteúdo, há a presença forte do audiovisual, com maior destaque aos podcasts e vídeos curtos (como é o caso do TikTok). 

A tendência da criação de conteúdo será muito mais direcionada para o consumo de áudios longos – que possam ser ouvidos em um segundo plano -, como também de vídeos mais curtos, com fechamentos rápidos e história objetiva.

Foco em experiência de usuário

A experiência de usuário (UX) terá um imenso valor em todos os campos possíveis: seja o UX Design, em franca evolução, seja o UX Writing, que se consolidará nos próximos três anos.

Assim, a experiência do usuário reflete em como o potencial cliente se sente ao experimentar o produto; é uma maneira de aconselhar, resolver problemas, orientar e direcionar durante a jornada de compra.

O uso maior de chatbots e o IA

Os chatbots enriquecem a demanda, pois são excelentes opções para quando há uma imensidão de contatos. Com a aplicação do tráfego pago, muitos usuários chegarão até o produto sem a intenção de finalizar a compra.

Para evitar que esta maioria seja desperdiçada, o ideal é adotar a IA (inteligência artificial), que deixará a par de tudo, com um resumo completo, capaz de prospectar leads, mesmo que eles – por hora – não tenham a intenção de finalizar as compras.

Compras dentro das redes sociais

Instagram e WhatsApp iniciaram um projeto que tende a ganhar corpo nos próximos anos: as compras dentro do app e as transações monetárias. Apesar de muitas pessoas ainda serem receosas, a ideia tende a evoluir nos próximos anos.

Dessa maneira, com a adoção deste recurso, é possível que o tempo de decisão para finalização de compra diminua, garantindo uma maior praticidade na hora de prospectar novos clientes.

O que esperar das tendências de marketing digital para os próximos anos?

É difícil prever as tendências que rondarão o marketing digital. Isso porque a avalanche informacional a que somos atingidos pode mudar tudo completamente num piscar de olhos. 

Contudo, as tendências caminham a passos largos para a consolidação, sobretudo, do IA dentro do marketing digital. 

Conforme o avanço do conteúdo atingir um maior número de pessoas, mais será necessário o uso de inteligência artificial para garantir a melhor experiência ao usuário.

Autor


Avatar